imagem

Curso de Cinema UFSC

Acesso à Informação

Acessibilidade

Sobre o Curso

Admissões

Equipe Acadêmica

Alunos

Orgãos

Coordenadorias

Laboratórios

Legislação

Administrativo

Pesquisa

Extensão

Serviços Acadêmicos

Pesquisa

Agenda

Arquivos do Sítio

Secretaria:

Atendimento
Segunda a sexta: das 10h30 às 13h00e das 14h00 às 19h30

Telefone
(48) 3721-6543

E-mail
cinema@contato.ufsc.br

Código SPA
SECOGC/CCE

Endereço
UFSC - CCE
Curso de Graduação em Cinema
Campus Universitário
Reitor João David
Ferreira Lima
CEP 88040-900
Florianópolis/SC
CCE - Bloco D
Sala 513

Links:

RSS Ministério da Educação

RSS SeCArte

RSS Notícias da UFSC

Missão da UFSC

“produzir, sistematizar e socializar o saber filosófico, científico, artístico e tecnológico, ampliando e aprofundando a formação do ser humano para o exercício profissional, a reflexão crítica, a solidariedade nacional e internacional, na perspectiva da construção de uma sociedade justa e democrática e na defesa da qualidade da vida”

Cine Paredão apresenta ASSIM QUE ABRO MEUS OLHOS

ASSIM QUE ABRO MEUS OLHOS

À PEINE J’OUVRE LES YEUX

Direção: Leyla Bouzid

Roteiro: Leyla Bouzid

Elenco: Baya Medhaffar, Ghalia Benali, Aymen Omrani

Ano: 2017   Duração: 1h46m    Classificação: 14 anos

SINOPSE:

Verão de 2010 em Túnis, na Tunísia, alguns meses antes da Revolução de Jasmim. Enquanto o regime de Ben Ali cai, Farah (Baya Medhaffer), uma garota de 18 anos, se junta a uma banda de rock politizada e descobre o álcool, o amor e os protestos. Indo contra a vontade da mãe, Hayet (Ghalia Benali), que conhece os tabus do país, Farah mergulha cada vez mais nesse mundo, sem suspeitar do perigo de um regime político que a observa e se infiltra na sua privacidade. Para proteger a filha, Hayet fará o que for preciso, inclusive, reviver as feridas da sua própria juventude.

O QUÊ : Cine Paredão apresenta ASSIM QUE ABRO MEUS OLHOS de Leyla Bouzid

ONDE : Bosque do CFH/UFSC  (em caso de chuva, no Auditório do CCE)

QUANDO : Sexta-feira – 17/11

HORÁRIO : 20 horas

EVENTO:

https://www.facebook.com/events/128588234426872

TRAILER:

https://www.youtube.com/watch?v=JNmkDtuRju4

REDES SOCIAIS:

https://www.facebook.com/cineparedao

http://cineparedao.tumblr.com

https://www.instagram.com/cineparedao

https://goo.gl/maps/ubJdGG6pAe62

SOBRE O PROJETO:

Hoje, vivemos em uma sociedade na qual a linguagem audiovisual exerce grande influência na construção e formação da subjetividade individual. Partindo deste princípio, o projeto Cine Paredão tem como propósito socializar, trocar e expandir diversas manifestações audiovisuais, buscando produções alternativas e/ou independentes de difícil acesso ao público. As obras apresentadas têm caráter não comercial e nos proporcionam pensar e refletir o cinema como arte em constante modificação, passando por diversos olhares, tempos e lugares ao redor do mundo. Realizadas ao ar livre, sob o luar e as estrelas, as sessões acontecem semanalmente nas sextas-feiras, às 20 horas, no Bosque do CFH/UFSC.

 

 

Mostra de Curtas-Metragens dos alunos de Cinema

O projeto Experimenta em parceria com o Curtas UFSC em Festivais apresenta mostra de curtas-metragens realizados pelos alunos do curso Cinema da UFSC.

(14:30 na sala Goiabeira no Centro de Eventos da UFSC)

Dio Cane – 15 min
Sinopse: Família se muda em busca de um recomeço, mas a morte de um cachorro traz à tona aquilo que eles tentavam esconder.
Direção: Gabriel Rocha Mialchi

Sob o Signo de Escorpião – 15 min
Sinopse: Virgínia levanta, faz um drinque, escreve. Um envelope sem remetente e de conteúdo misterioso perturba o seu dia.
Direção: Nathan Luchina

Cinco Estações no Casulo do Tempo: um filme para Dica – 38 minutos
Sinopse: De um pequeno quartinho de empregada no décimo sétimo andar, no centro da cidade, uma vida inteira, um universo de memórias, sonhos. O espaço câmera – personagem do diretor se dilata em afeto num “cinema de bolso”.
Direção: Matias Dala Stella

111 – 1 min
Direção: Mateus Mendes
Sinopse: Cinco jovens negros em um carro. 111 tiros da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Os sons. O genocídio. A negligência.

Duração: 70 min de exibição e mais 50 min de
bate papo/ Curadoria de Daphine Xavier
Organização: Profo Alfredo Manevy

Eleições para Coordenação do Curso

O Edital 022/2017/CCE de 07 de novembro 2017 abre o processo para eleger o(a) Coordenador(a) e o(a) Subcoordenadora(a) do Curso de Graduação em Cinema – Gestão 2018 e 2019:

Data da Eleição: 28 de novembro de 2017 (terça-feira);
Horário: das 14h às 18h;
Local: Hall de entrada do Bloco D do CCE
Período de inscrição dos candidatos: 13 a 17 de novembro de 2017 na Secretaria do Curso de Cinema – sala 513, bloco D do CCE.

Para maiores informações acesse o Edital expedido pela Direção do Centro, bem como o Regulamento que regerá o processo eleitoral.

Edital

Regulamento

II Jornada do Núcleo de Estudos Irlandeses com a presença da dramaturga irlandesa Marina Carr

O Núcleo de Estudos Irlandeses (NEI) do DLLE promoverá, nesta terça-feira, dia 07, a segunda edição da Jornada do Núcleo de Estudos Irlandeses. O tema desta edição é a representação de espaços multiformes na literatura, no teatro e no cinema irlandês. Esta edição do evento contará com a presença de Dra Ruth Barton, especialista em cinema irlandês da Trinity College Dublin, e com a prolífica dramaturga irlandesa Marina Carr, pela primeira vez no Brasil. No evento, será lançada a tradução inédita de sua peça By the Bog of Cats… por Alinne Fernandes, profa do DLLE.

Mais informações aqui: http://ppgi.posgrad.ufsc.br/files/2017/10/II-Jornada-de-Estudos-Irlandeses-NEI-UFSC-E-Flyer.pdf

Motirõ – Bazar de trocas

Laboratório de Figurinos da UFSC promove a terceira edição do Motirõ, evento que visa as relações de trocas sem intervenções monetárias. O Motirõ ocorrerá dia 20 de outubro, das 16h às 19h, no primeiro andar do bloco D do Centro de Comunicação e Expressão (CCE).

No evento, que é aberto à comunidade, não ocorrerá vendas, apenas trocas. A organização preparará um “coffe break colaborativo”, a ideia é que, quem puder, traga uma porção para si e uma para o próximo.

 

Exibição comentada de “Branco sai, preto fica”, de Adirley Queirós

Na próxima quinta feira, dia 19 de outubro, o Projeto Cinema Mundo/UFSC dará continuidade à sua mostra de filmes de Cinema Brasileiro Contemporâneo apresentando o filme “Branco sai, preto fica” (2014), de Adirley Queirós.

A sessão, de entrada franca, acontecerá às 18h30 no Auditório Elke Hering, da Biblioteca Universitária da UFSC e contará com os comentários de Flávia Guidotti.

Sinopse:

Tiros em um baile de black music em Brasília ferem dois homens, que ficam marcados para sempre. Um terceiro vem do futuro para investigar o acontecido e provar que a culpa é da sociedade repressiva.

Sobre a comentarista:

Flávia Garcia Guidotti

Possui graduação em Comunicação Social, habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pelotas (2002), mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2007) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Pelotas (2013). É professora adjunta no Departamento de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina e professora colaboradora no Programa de Pós-Graduação em Jornalismo.

Nota de Pesar e Programação Semana de Cinema

Comunicamos com pesar o falecimento do reitor reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, na manhã desta segunda-feira, 2 de outubro.

Informamos que as aulas e atividades administrativas estão suspensas até 12h do dia 05/10 (quinta-feira), em sinal de luto.

Seguindo orientações da direção de centro, as Mesas da 11a Semana de Cinema estão confirmadas, pois envolvem convidados externos à UFSC. As exibições que aconteceriam à noite estão canceladas.

Segue a nova programação:

MESAS

Segunda-Feira 02/10

Mesa: Abertura: “Definições” de Cinema frente às inovações tecnológicas

Local: Auditório do CSE | Horário: 14h

Convidado: Almir Almas (USP)

Exibição : Especial Curtas UFSC – CANCELADO

Terça Feira 03/10

Mesa: Audiovisual e tecnocracia: relações de dependência e subversão

Local: Auditório do CSE | Horário: 14h

Convidados: Ricardo Pretti (Alumbramento) e Erly Vieira (UFES)

Exibição: Estrada para Ythaca – CANCELADO

Quarta Feira 04/10

Mesa: Cinema e games: Diálogos entre as linguagens, tecnologias e narrativas

Local: Auditório do CSE | Horário: 14h

Convidados: Mônica Stein (UFSC) e Leonardo Minozzo (Cafundó Estudio Criativo)

Exibição: Especial cinema experimental – CANCELADO

Quinta Feira 05/10

Oficina: oficina de roteiro para produções seriadas com Germanda Belo 

Local: Sala 211, bloco D- CCE (sala LEC) | Horário: 8h30

Oficina: oficina de iluminação com o LABCINE

Local: Estúdio de Cinema, bloco D – CCE| Horário: 9h

Mesa: Ritmos e Fluxos Audiovisuais: plataformas digitais e as transformações narrativas

Local: Auditório do CSE | Horário: 14h

Convidados: Germana Belo (Webserie RED) e Iremar Pinto (Fox Creative Lab)

Exibição: Branco sai, preto fica (2014), direção.: Adirley Queirozz

Local: Sala 108, bloco D – CCE (Sala de exibição) | Horário: 19h

Sexta Feira 6/10

Mesa: As tecnologias após o filme: da distribuição e divulgação nas novas mídias

Local: Auditório do CSE | Horário: 14h

Convidados: Renata Rogowsky (UDESC) e Gabriel Portela (Spcine)

 

Luto

Os Diretores das Unidades Acadêmicas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comunicam seu pesar pelo falecimento do reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo. Reunidos, decidiram suspender todas as atividades acadêmicas e administrativas por três dias, em sinal de luto.

Outras atividades, já agendadas ou que envolvam convidados externos ou eventos em andamento, deverão ser avaliadas caso a caso.

As unidades acadêmicas conclamam a comunidade universitária a manter-se unida e atenta às comunicações oficiais a serem publicadas oportunamente de modo a prestar sua manifestação de respeito e solidariedade à instituição e a seu dirigente máximo.

Florianópolis, 2 de outubro de 2017.

MIS Mostra de Cinema Russo

Dias 03,10 e 17 de outubro (terças-feiras) às 20h.

Local: cinema do CIC.

Segue a programação:

Programação da Semana Acadêmica de Cinema

Confira abaixo a programação da Semana de Cinema que acontecerá na próxima semana, do dia 02  até 06 de outubro.

Semana Acadêmica de Cinema – Cinema e Tecnologia

A Semana de Cinema é um evento realizado pelos alunos do Curso de Cinema UFSC com objetivo de difundir conhecimento teórico e prático por meio de palestras, minicursos, debates e exibição de filmes, além de promover a interação entre profissionais e demais interessados. Para desenvolver as atividades são convidados profissionais que são referência na área, vindos de várias partes do país.

Neste ano a semana acadêmica de cinema acontecerá na próxima semana, de 02 a 06 de Outubro, com o tema Cinema e Tecnologia.

Todos os eventos da Semana de Cinema têm entrada gratuita e são abertos para a comunidade.

Curso de Extensão – Subjetividade, Cinema e Política

Curso de Extensão “Subjetividade, Cinema e Política – Imagem. linguagem e memória no cinema e no contexto contemporâneo”.

Evento gratuito com certificado para participantes. Para inscrição enviar e-mail até 18 de setembro com nome completo e cpf para: extensaoufsc@gmail.com

Trata-se de atividade conjunta realizada pelo Departamento de História – prof Alexandre Busko Valin- e Departamento de Psicologia – profa Mériti de Souza – da UFSC.

 

 

Projeto Cinema Mundo realiza exibição comentada do filme “Viajo porque preciso, volto porque te amo” na quinta (24/08)

Na próxima quinta, dia 24 de agosto, o Projeto Cinema Mundo/UFSC dará continuidade a sua mostra de filmes com a temática Cinema Brasileiro Contemporâneo apresentando “Viajo porque preciso, volto porque te amo”, de Karim Aïnouz e Marcelo Gomes.

A sessão, de entrada franca, acontece às 18h30 no Auditório Elke Hering da Biblioteca Universitária da UFSC e conta com os comentários de Daisi Vogel e Pedro de Souza.

Sinopse:

José Renato (Irandhir Santos) é um geólogo de 35 anos que foi enviado para o sertão nordestino para avaliar o possível percurso de um canal que será feito, desviando as águas do único rio caudaloso da região. À medida que a viagem ocorre ele percebe que possui muitas coisas em comum com os lugares por onde passa, desde o vazio à sensação de saudade, até o isolamento, o que torna a viagem cada vez mais difícil.

Sobre os comentaristas:

Daisi Vogel: É jornalista com doutorado em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002) e pós-doutorado em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (2010) e pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2016). Professora do Departamento de Jornalismo e do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina. Sua pesquisa está voltada à estética do jornalismo, às relações jornalismo e literatura, à crítica cultural pelo jornalismo e à revista ilustrada. É líder do grupo de pesquisa Jornalismo, Cultura e Sociedade.

Pedro de Souza: Possui graduação pela Universidade Metodista de São Paulo (1979), mestrado em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1987) e doutorado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (1993). Em 2007 realizou pós-doutorado na École Normale Supéiieur, Lyon, com pesquisa sobre preformance vocal nos ditos e escritos de Michel Foucault. Tem em andamento o projeto sobre voz e subjetivação na palavra cantada. Atualmente é professor da UFSC. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Teoria e Análise Linguística, Análise de Discurso atuando principalmente nos seguintes temas: discurso, enunciação, subjetividade, seguindo a perspectiva de Michel Foucault. Nessa mesma linha temática, orienta no curso de pós-graduação em literaturas.

Filme Corpo Elétrico

“Corpo Elétrico”, de Marcelo Caetano chega em Florianópolis em duas sessões no Cinespaço do Shopping Beiramar: 16h e 22h.

Sobre Corpo Elétrico: O verão está chegando e Elias tem sonhado muito com o mar. Na fábrica em que trabalha, as responsabilidades aumentam à medida em que o fim de ano se aproxima. Depois de uma noite fazendo hora extra, Elias e os operários decidem sair e tomar uma cerveja. É quando novas possibilidades de encontros surgem no horizonte de Elias.

Trailer de Corpo Elétrico: https://www.youtube.com/watch?v=GxCOCthjc7o

 

Projeto Cinema Mundo inicia nova temática e realiza exibição comentada do filme “Aquarius” na quinta (10/08)

Na próxima quinta, o Projeto Cinema Mundo/UFSC dará inicio a sua mostra de filmes do Cinema Brasileiro Contemporâneo apresentando o célebre “Aquarius“, de Kleber Mendonça Filho.

A sessão, de entrada franca, acontece às 18h30 no Auditório Elke Hering da Biblioteca Universitária da UFSC e conta com os comentários de Gabrielle Bittelbrun e Gabriel Groppi.

Sinopse: Clara é uma escritora aposentada. Ela é moradora de um apartamento repleto de livros e discos no Bairro de Boa Viagem, num edifício chamado Aquarius. Interessada em construir um novo prédio no espaço, os responsáveis por uma construtora conseguiram adquirir quase todos os apartamentos do prédio, menos o dela. Por mais que tenha deixado bem claro que não pretende vendê-lo, Clara sofre todo tipo de assédio e ameaça para que mude de ideia.

Sobre os comentaristas:

Gabrielle Vívian Bittelbrun:
Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), realizou estágio no Doutoramento em Modernidades Comparadas da Universidade do Minho entre setembro e dezembro de 2016. Mestra em Jornalismo também pela UFSC, Jornalista pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp). Integra o Grupo de Pesquisa Núcleo de Literatura Brasileira Atual – Literatual – Estudos Feministas e Pós-Coloniais de Narrativas da Contemporaneidade da UFSC. Desde 2007, com o apoio dos órgãos financiadores Fapesp e Capes, já desenvolveu pesquisas relacionadas a questões de gênero em filmes ambientados nos séculos 19 e 20; gênero e comunicação e, mais recentemente, investiga sobre raça e gênero em revistas femininas brasileiras contemporâneas.

Gabriel Varalla Groppi:
Gabriel Varalla, Guel, nasceu em Montevidéu, onde ingressou na Escuela Nacional de belas Artes, e trabalhou como professor assistente, ligado ao Laboratório de Audiovisual. Trabalhou também numa pequena estação de TV, a Red Televisión Color, desempenhando várias funções e adquirindo uma visão já mais ampla e profissional da produção em vídeo. Tem graduação interrompida no curso de Cinema da USP(1994),  e trabalhou no setor audiovisual paulista (1994 a 2003), principalmente como editor. Nesse período, trabalhou como assistente de montagem em alguns longas, curtas e trailers, “Castelo Ra-tim-bum” entre eles. Em 1996 ganhou o Prêmio Estímulo à Produção de Curta-metragens, da Secretaria de Estado da Cultura –SP, com o roteiro do documentário “Cabo Polonio- entre o céu e o mar”, de 1997. Com o curta-metragem (20’, PB, 35mm) ganhou dois prêmios, no Festival de Curitiba 1998, e foi selecionado para o Festival de Havana do ano seguinte (1999). Desde 2009 tem trabalhado como fotógrafo freelancer com especialização em fotografia aquática e, atualmente (há um ano) presta serviço na UFSC, como técnico no Labcine, do curso de cinema.