imagem

Acesso à Informação

Acessibilidade

Sobre o Curso

Admissões

Equipe Acadêmica

Alunos

Orgãos

Coordenadorias

Laboratórios

Legislação

Administrativo

Pesquisa

Extensão

Serviços Acadêmicos

Pesquisa

Agenda

Arquivos do Sítio

Secretaria:

Atendimento
Segunda a sexta: das 10h30 às 13h30 e das 14h30 às 19h30

Telefone
(48) 3721-6543

E-mail
cinema@contato.ufsc.br

Código SPA
SECOGC/CCE

Endereço
UFSC - CCE
Curso de Graduação em Cinema
Campus Universitário
Reitor João David
Ferreira Lima
CEP 88040-900
Florianópolis/SC
CCE - Bloco D
Sala 513

Links:

RSS Ministério da Educação

RSS SeCArte

RSS Notícias da UFSC

Missão da UFSC

“produzir, sistematizar e socializar o saber filosófico, científico, artístico e tecnológico, ampliando e aprofundando a formação do ser humano para o exercício profissional, a reflexão crítica, a solidariedade nacional e internacional, na perspectiva da construção de uma sociedade justa e democrática e na defesa da qualidade da vida”

Proposta

O Curso de Cinema da UFSC foi criado pela Resolução n° 008/CEG/2003, de 18 de dezembro de 2003, e encontra-se em processo de implantação progressiva, tendo sua primeira turma ingressado em março de 2005. Funciona em turno diurno, tendo as aulas concentradas prioritariamente no turno vespertino, e oferece 30 vagas anuais. Conta com a atuação de professores dos Departamentos de Jornalismo, de Letras Estrangeiras, de Letras Vernáculas, e de História.

Objetivo

Oferecer uma formação em roteirização, teoria e crítica cinematográfica. Esse enfoque propõe que a aquisição dos conhecimentos seja fundamentada pela compreensão das formas de expressão cinematográfica como historicamente constituídas e capazes de incorporar formas narrativas anteriormente desenvolvidas na literatura, no teatro, nas artes plásticas e na música, entre outras artes. Além disso, propõe que tais formas de expressão encontram-se em processo de constante recriação, necessitando por isso de um profissional com sólida base de reflexão teórica para atender às demandas de sua área de atuação. O foco principal, em termos de uma formação para a futura atividade profissional, está localizado no processo criativo, comportando o estudo da linguagem do cinema, das técnicas narrativas e dos gêneros cinematográficos, assim como o das técnicas de criação de roteiros, a exploração das fontes para as histórias cinematográficas, e sua estrutura em termos dramatúrgicos. O eixo de teoria e crítica propõe-se a fornecer uma sólida base tanto para a reflexão acerca do cinema enquanto forma artística, técnica e econômica, quanto para auxiliar a compreender o lugar dessa reflexão na constituição de uma teoria da sociedade. Tal ênfase no processo criativo e na reflexão teórica, entretanto, não aparece como excludente em relação à prática da produção cinematográfica. Ao contrário, os alunos são incentivados a produzir em vídeo desde o primeiro semestre do Curso, e são oferecidas disciplinas obrigatórias com um enfoque prático tais como Linguagem Cinematográfica, Fotografia, Fotografia Cinematográfica, Montagem, Produção Audiovisual, Técnicas de Projetos. No elenco de optativas, onde constam disciplinas como Iluminação, Equipamentos Audiovisuais, Direção de Arte, Direção de Atores, Efeitos Especiais, reside a possibilidade de complementar a formação do aluno para a realização audiovisual.

A criação de um curso nos moldes aqui propostos deveu-se à percepção de que o sucesso na captação de recursos para a realização cinematográfica repousa, em grande parte, na qualidade das propostas apresentadas pelos realizadores audiovisuais. Daí a ênfase na etapa da pré-produção, muito embora ela conviva, no âmbito dado à implantação das disciplinas, com a consciência de que tal planejamento só se revela efetivo quando apoiado em experiências de produção audiovisual capazes de testar de maneira sistemática seus pressupostos. Esse processo, para ser bem sucedido, envolve uma formação sistemática na teoria do cinema, capaz de abranger tanto os aspectos artísticos da atividade e suas conexões com as demais artes, quanto sua relação com as teorias da sociedade.

O mercado de trabalho na área do cinema encontra-se em franca expansão. É importante notar que a realização cinematográfica não constitui a única área possível de trabalho. A produção audiovisual vincula-se também às emissoras de televisão, aos setores de comunicação e marketing das empresas em geral, à atuação nos órgãos públicos, ao cinema publicitário, e a toda a cadeia de distribuição e exibição. Ainda fazem parte desse campo de trabalho a produção teórica sobre a atividade, basicamente no plano universitário, e a crítica jornalística.

Perfil do aluno
Pretende-se desenvolver no formando a capacidade de refletir sobre a estética do cinema, de escrever criativamente, assim como o domínio básico das técnicas audiovisuais e o conhecimento da organização do trabalho de realização em equipe. As questões centrais do Curso articulam-se em torno do planejamento criativo dos produtos audiovisuais e do tipo de trabalho necessário à sua realização, de seus fundamentos técnicos, da história do cinema, e dos princípios teóricos necessários à sua crítica.

Aulas
As aulas são diurnas e preferencialmente vespertinas.
O Regime de trabalho dos professores substitutos são 20 horas semanais; dos professores adjuntos por 40 horas, com dedicação exclusiva.